#4 Dica de Leitura: El Libro de La Sacerdotisa - Lena Valenti

Hello Cellies!

Mais uma resenha para vocês. Essa é a continuação da Saga Vanir, o segundo livro da série, El Libro de La Sacerdotisa.

Verdadeiro ou falso? No amor e na guerra tudo é permitido… Quando Ruth chegou a Londres mês e meio atrás para visitar sua melhor amiga, Aileen, nunca se imaginou que se veria envolta numa guerra entre seres ancestrais criados pelos deuses Vanir e Aesir. depois de um tempo amoldando-se a sua nova realidade, os traumas e as vozes do passado retornaram para atormentá-la e, pouco a pouco, estão-lhe roubando a razão. Mas tem uma oportunidade para encontrar-se e saber quem é ela realmente, e não duvidará em tomá-la, embora isso a ponha em mãos de um berserker moreno e taciturno que não acredita em nada do que ela representa. Fazia mês e meio que Adam não dormia. Seus sonhos estavam infestados de sangue, morte e escuridão, e no centro daqueles pesadelos só havia uma culpada. Uma mulher de cabelo vermelho e olhos dourados. Uma humana que não é quem diz ser: Ruth. Por isso, quando ela quebra a ordem de não retornar a suas terras e volta para o Wolverhampton, ele não duvidará em lhe dar caça e detê-la, embora isso implique voltar-se louco e manter seus instintos mais selvagens contidos. Adam quer desmascará-la, mas, em um jogo de vontades, descuido e desejos, a quem cairá a primeiro máscara? Ao lobo ou à caçadora? Vêm tempos de caça no Midgard. O Ragnarök ensina as presas.


Ruth chegou a Inglaterra junto de seu melhor amigo Gabriel para visitar Aileen. Os três sempre foram melhores amigos e Aileen, depois que descobriu que era híbrida (meio vanir, meio berserker) deixo tudo as claras com seus amigos. Eles como humanos mergulharam nesse mundo que jamais imaginavam que pudesse existir.

Ruth tem um passado muito sofrido e obscuro. Desde pequena ouvia vozes e via pessoas mortas e não sabia porque. Seus pais, evangelistas fanáticos, achavam que ela era possuída pelo demônio. Torturam seu corpo com rituais de exorcismo e a medicaram contra esquizofrenia. Ruth odiava seus pais. Não havia nenhum sentimento de amor entre eles. Ao fazer 18 anos resolveu seguir com sua vida. Quando Aileen estava em perigo (no livro de Jade), conseguiu se comunicar telepaticamente com Ruth e isso foi o começo para a mudança que se instalou na vida de Ruth.

Na noite em que foi atacada por lobachos, Adam salvou a vida de Ruth e desde então nunca conseguiu tirar a morena de cabelos cor de mogno de seus pensamentos e sonhos. Adam, o forte guerreiro xamã do clã berserker, tinha poderes de profetizar o futuro. Dom esse passado de pai para filho. Adam sempre foi reservado e de poucas palavras, mas muito devoto ao seu clã. Seu pai profetizou sua morte. Na profecia, Adam interpretou que apareceria uma Caçadora com um arco e flexa e o mataria. Enquanto isso, Daanna e Aileen procuram a ajuda de Maria, atual companheira de Ás, líder dos berserker, para saber que dom Ruth possui. Maria é uma Sacerdotisa da Deusa e fica maravilhada ao perceber que Ruth é uma escolhida para ser Sacerdotisa também. Ruth luta com todas as forças para não aceitar sua condição imposta pela Deusa, mas não há escolha. Há uma missão. Ruth é iniciada como Sacerdotisa e a Deusa a escolhe como Caçadora de almas, responsável por guiar as almas perdidas ao seu devido lugar.

Adam não sabe da condição de Ruth e a prende em sua casa e a maltrata como pode para que a profecia de seu pai não se cumpra. Ele acredita cegamente que Ruth irá matá-lo como via em seus sonhos. O fato é que ao mesmo tempo que a odiava, não deixava de desejá-la. Ruth recebe o contato da irmã gêmea morta de Adam, Sonja, e explica a ela tudo que está acontecendo: Striker, o berseeker traidor e sua mãe Lilian, que abandonou-os pequeno para viver com Strike, estão a serviço de Loki e recrutando as almas para formar fileiras de guerra para o Ragnarok (Apocalipse) que se aproxima. E então a ajuda escapar do cativeiro dele. Nesse momento, a casa é invadida por lobachos que querem sequestrar os filhos de Sonja a mando de strike e Lilian. Adam cego de ódio acredita que Ruth quer matar os meninos, e então acontece o que Adam jamais pode prever: Ruth não era a assassina e sim, sua salvadora. Os lobachos iam matar Adam e Ruth dispara suas flexas de caçadora para matar os nosferatus de Loki e não para matá-lo. Ele interpretou o sonho e a profecia de forma tão equivocada que a única coisa que ele poderia fazer para se redimir era se tornar escravo de Ruth.

A partir daí a relação de amor e ódio de Ruth e Adam parece nunca ter fim. Os dois tem que lutar contra seus demônios interiores e seus medos e inseguranças. Adam não quer admitir que precisa de Ruth e Ruth não aceita o fato que está totalmente apaixonada por Adam.

Adam a faz sofrer quando avisa que na noite da Lua Cheia irá se unir a berserker Margott, que ele acredita ser uma companheira respeitável. Só que seus sobrinhos não gostam dela e tem seus motivos. Mas depois de tantos espinhos e humilhação, Adam se rende a Ruth. Não há como voltar atrás. Ele se entrega a ela na noite da Lua Cheia e a torna sua companheira.

O que Adam não esperava é que Margott estivesse trabalhando para Strike e Lilian em troca da união com Adam. Margott foi enganada pelos dois, pois eles iam matá-los quando conseguisse os gemêos filhos de Sonja. A pequena Nora tem o dom da profecia como Adam, e o pequeno Liam sabe a localização do inicio do Ragnarok.

Margott arma uma emboscada na casa de Adam para pegar Ruth e os gêmeos. O que não contava é que Gabriel ia aparece e confrontar Margott. A Gabriel o destino estava sendo escrito a partir daquele momento...

Ruth consegue fugir e coloca os gemeos em segurança, mas é pega por Strike, Lilian e seus pais, que aterradoramente descobre que estavam perseguindo ela. Ruth é ferida mortalmente e ainda não tinha se convertido em imortal conforme ia ser a Caçadora. Adam se vê devastado. Como poderia viver sem sua companheira, seu sua alma gêmea?

Mas o que está escrito para ser... supera até a morte.







Opinião:

Eu fico sem fôlego de falar desse livro. São tantos detalhes, tanta informação, tanta ação que escrever uma resenha fica simplesmente complicado. Lena Valenti nos presenteia com a continuação da Saga Vanir com a historia de amor e ódio de Ruth e Adam. Esse casal pega fogo! São sexys, lindos e quentes. A trama é tão complexa e não deixa brechas e você chega nos finalmente do livro e pensa: Como ela pensou nisso? É o tipo de livro que as coisas vão acontecendo tão rápido e as surpresas uma atras da outra e você vai falando em voz alta: "Não acredito nisso!" "Que traidora!!" "Que loucura!"

É um livro muito intenso, diferente do que você já leu por aí. E nele vão se desenhando as historias dos próximos. É pra tomar um ar (e um banho frio!) depois que acabar.

Sem dúvida um dos melhores livros do gênero que já li. Vale a pena cada página.

Como a própria Ruth diz: "(...) Uma mulher deveria ser amada assim por um homem, ao menos, uma vez na vida. Deveria ser como um mandamento, um direito."



Beijos

Mel

Ps.: Quem tiver interesse de ler a série, entre em contato conosco pelo email blackdaggerlovers@gmail.com





0 comentários:

Post a Comment

 

BDL no Facebook

Siga o @BDaggerLovers

Agenda IAN 2016


Observações:
* - Horários representam horário de Brasília.