Dica de leitura: Estilhaça-me [Tahereh Mafi]

Olá Cellies! Esse livro em questão, confesso que demorei mais do que o meu habitual para terminar de ler. Primeiro, porque comecei a ler em inglês, e não é muito o meu forte, mas depois ficou mais fácil. Esperava MUITO que ele fosse tão maravilhoso quanto o nome. Tão maravilhoso quanto à capa. E ele não me decepcionou. Estilhaça-me me pegou pelo mistério. Desde o book trailer até o fim da história. A história de Adam e Juliette esquenta, mas não espere muito. Por enquanto. ;) Acompanhe a resenha:
 
Sinopse

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Meu toque é letal. Meu toque é poder.


Lauren Kate diz na capa de Estilhaça-me:
"Sedutor, intenso e cheio de romance. Estou com inveja. Não conseguia para de ler" - Lauren Kate
E ela tem toda a razão! Tahareh Mafi criou a fórmula perfeita de uma distopia + romance + ficção + suspense. Porque 'Estilhaça-me' tem os elementos perfeitos para te prender do começo ao fim do livro.

Perguntas do tipo: Por que Juliette está presa? Por que ela não pode toca ninguém? Por que o mundo está diferente? Por que apenas Adam pode tocá-la? Essas e muitas outras perguntas são respondidas ao longo da história.
Mas eles roubaram tudo.
Eles tomaram tudo. Minha vida. Meu futuro. Minha lucidez. Minha liberdade.
Juliette se questiona se ela está louca. E você começa a questionar a sanidade de Juliette. Mas nada é o que parece. 
Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca.
Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca.
Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca.
Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca. Eu não sou louca.
Até que Adam Kent entra na mesma cela em que Juliette vive por 264 dias, sem tocar ninguém, sem ser tocada. Ele é o único que pode tocá-la.
"Não é o que você pensa." - Adam.
*SPOILERS*
O Restabelicimento destruiu tudo: flora, fauna, livros, pessoas, sentimentos, vidas, esperanças. Eles dizem que a humanidade deve recomeçar. E Warner quer Julliete neste novo recomeço. Ele quer Juliette como uma arma. Uma potência. Uma ameça. Ao lado dele.

Ao poucos Juliette vai entendendo o que aconteceu com o mundo e com as pessoas. O Restabelecimento controla cada passo dos sobreviventes. Sua comida, água, energia, suas vidas, suas esperanças.

Warner força Juliette à fazer coisas contra sua vontade, e ela pensa ser um monstro. Mas ela agora está com Adam, ele à compreende. Ela já o conhecia, e lembrou dele. Ele lembra dela.

Adam é um mistério, e você começa a pensar que ele é um traidor, assim como Juliette pensa. Porém você logo descobre que ele, na verdade, é apaixonado por ela. E que teve muitos motivos para fazer o que fez. E sempre esteve ao seu lado. E juntos eles traçam um plano de fuga.

A partir deste momento, todas as perguntas vão sendo respondidas. Juliette conhece James (irmão de Adam) e Kenji Yamamoto (amigo de Adam). Kenji sabe algumas respostas também, e vira uma nova ameça para Adam e Juliette. Eles podem ou não podem confiar em Kenji? Kenji é um personagem um tanto... arrogante, mas ele te conquista com um senso de humor incomum.
— Não, isso é real. Muito real. Na verdade, eu posso ou não posso ter mencionado algo sobre você. E o cara que administra o lugar pode ou não pode estar absurdamente interessado em conhecê-la. - Kenji
Juliette finalmente é levada ao Ponto Ômega por Kenji, e então ela não se sente mais uma aberração. Ela está jogando pela equipe certa.  Ela conhece Castle, administrador do Ponto Ômega, e está de frente para um novo começo. Ela não está mais sozinha.
Porém perguntas ainda tem de ser respondidas. E isso nós veremos em Unravel Me. Fiquem com o book trailer de Estilhaça-me.


Até a próxima Cellies!
Bjinhusss! Leehla ;)

1 comentários:

Post a Comment

 

Curta o BDL no Facebook

Siga o @BDaggerLovers

Agenda IAN 2016


Observações:
* - Horários representam horário de Brasília.