Oct 5, 2012

Fechando a tampa *não definitivamente* dos livros publicados da Série Fallen Angels com: ENVY. Eu fiquei molengando em terminar a leitura de Envy, por um simples motivo: Rapture, a continuação foi lançado fazem poucos dias nos EUA (25 de setembro), e vai demorar um pouco para chegar no Brasil. Vamos aos dados oficiais de Envy:

Como o filho de um serial killer, o detetive de homicídios Thomas "Veck" Delvecchio, Jr., cresceu na sombra do mal. Agora, sobre o fio da navalha entre o dever cívico e retribuição cega, ele expia os pecados de seu pai enquanto luta contra seus demônios interiores. Designada para acompanhar Veck está a diretora de Assuntos Internos Sophia Reilly, cujo interesse por ele é profissional e despertando pessoalmente. E Veck e Sophia tem outro link: Jim Heron, um misterioso estranho com muitas respostas às perguntas que são mortais. Quando Veck e Sophia são atraídos para a última batalha entre o bem e o mal, o seu anjo caído salvador é a única coisa que se interpõe entre eles e a condenação eterna.
Edição: 1
Editora: Piatkus Books
ISBN: 9780349400204
Ano: 2011
Páginas: 560


Envy é o terceiro livro da série Fallen Angels e conta a história de um personagem já conhecido pelos amantes da série Irmandade da Adaga Negra: o detetive Thomas DelVecchio "Veck" Jr. Veck é apresentado nas páginas de Amante Libertada como o atual parceiro de José De La Cruz (ex-parceiro de Butch na CPD). A história de Veck começa quando ele se vê em um dilema: ele tentou matar ou não David Kroner? Como filho de um assassino em série tão perverso como o Thomas DelVecchio Sr., Veck não confia em si próprio para responder tal pergunta. Ele está cercado pela inveja. Dos seguidores do seu pai assassino, na CPD, até por Devina, e quem diria... Até por Jim.



Para ajudá-lo com esta encruzilhada, entra em cena a responsável, e linda e sexy, detetive da Assuntos Internos da CPD, Shopia Maria Reilly. A detetive da Assuntos Internos começa uma caçada atrás da resposta do "apagão" de Veck durante o seu ataque. Todos os que leram, sabem que Throe (do Bando de Bastardos) é o verdadeiro culpado, mas é Caldwell, e tudo pode acontecer.

Dentro da CPD, todas as atenções das mulheres estão voltadas para Veck, e claro, Reilly não resiste ao charme do detetive, e a relação que era estritamente profissional, acabando se tornando algo mais para Veck e Reilly.
Não obstante, Jim Heron ainda obcecado por descobrir onde está o corpo de Sissy, se envolve com os detetives em sua busca. Veck agora sobre o olhar antento de Reilly, ainda não conseguiu provar que ele é inocente. Cabe a Jim, Eddie e Adrian resolver tal equação. Quando Jim tenta desvendar o que realmente Veck é, ele descobre que Devina está agindo na vida do detetive desde muito antes. Fato que explicaria o motivo do cara ter duas sombras.

Como era de se esperar, Devina não joga limpo, e transforma Veck no  maior suspeito do assassinato de Sissy. Alías, Devina ainda está obcecada por Jim, sim, e nas palavras do próprio Jim, "ela banca a namoradinha"(enquanto Jim está cuidando da família Barten), e provoca a ira dos anjos caídos definitivamente.

Outra parte importante do livro, que eu não deixaria de falar, é sobre o relacionamento dos anjos caídos e arcanjos da série. Em Desejo, vemos que Nigel e Colin são um casal, e passam por um momento delicado em Envy. E em contrapartida, há uma cena , um tanto reveladora, e quente envolvendo Eddie, Adrian e uma garota no Iron Mask. Não é novidade nenhuma que Eddie e Adrian compartilham mulheres, mas eu não sabia que era esse nível de intimidade. Enfim... Não quero estragar nada.

Por falar em Eddie e Adrian, não escondo de ninguém que me apaixonei pelos personagens. Em Envy, algo muito ruim acontece com Eddie, o que me deixou de coração partido verdadeiramente. E para terminar de "afundar a faca" Adrian canta. E canta muitíssimo bem! A música está logo abaixo, e eu chorei litros ouvindo e ouvindo, e lendo a cena, e imaginando a cena mil vezes. É uma cena linda. Exagerada eu, mas foi verdade.
 

Existe um persongem na CPD, John Bails, que será a chave para desvendarmos as verdades sobre Veck, e as artimanhas de Devina. Então esperem muito desde cara no fim do livro.

No geral, eu adorei este livro. É um dos maiores da série com 560 páginas, mas você lê brincando. O enredo é todo laçado, e em alguns momentos eu cheguei a me perguntar (várias vezes aliás) como ela resolveria todo os assuntos que levam sempre a um denominador comum, e sem saída.  Como ela sempre me surpreende, não demorou muito para as peças se encaixarem, e tudo ganhar o ritmo da Ward de escrever e nos prender à história.

Envy ainda não tem título em português (muito provelmente seja Inveja) e não foi lançado no Brasil, a editora Universo dos Livros ainda não divulgou nenhuma data de previsão, então teremos que nos segurar um pouco. Porém adianto que a espera valerá muito a pena, tenho certeza. Até Rapture!

4 Responses so far.

Deixe seu comentário!

Inscreva-se para novos postsInscreva-se para acompanhar os comentários

- Copyright © 2014 Black Dagger Lovers | Irmandade da Adaga Negra - Yui-Lovers V2 - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -